Youtube tentará competir com Netflix


Netflix X Youtube

De acordo com os relatórios do Wall Street Journal, os executivos do YouTube conheceram vários proprietários de estúdios de Hollywood nos últimos meses. Seu objetivo: oferecer os direitos de transmissão de filmes e séries para competir com a Netflix.

Como convencer os usuários a pagar pelo YouTube

Por enquanto, essas discussões ainda não estão muito avançadas, segundo fontes do Wall Street Journal.

Não está claro o que os vídeos do YouTube estão tentando adquirir", de acordo com o jornal. No entanto, o YouTube deve garantir conteúdo premium e seu novo serviço custa 9,99 dólares (quase 40 reais) por mês .

Com esta plataforma, no momento apenas disponível em todo o Atlântico, o YouTube está fazendo uma grande mudança na estratégia.

Desde a sua criação, o site dos EUA oferece a exibição de vídeos gratuitamente, em troca de publicidade. Na verdade, "será preciso muito para convencer seus usuários a pagar".

Filmes com YouTubers

A razão para essa reviravolta pode ser econômica. Isso provavelmente porque, até 2020, as receitas de assinantes devem ser mais importantes do que a publicidade para serviços de streaming.

Com a Netflix, a política de licenciamento do YouTube para séries ou filmes pode ter duas formas.

O primeiro seria criar conteúdo próprio, algo que o YouTube já planejou. Em outubro, o site do Google anunciou que queriam "lançar pelo menos uma dúzia de filmes e séries carimbadas no YouTube, incluindo programas com famosos Youtubers.

A segunda estratégia é a revelad pelo The Wall Street Journal: aquisições de conteúdo exclusivo, mas produzidas por estúdios externos. Essa prática é comum com os serviços de assinatura de fluxo já existentes - sejam eles chamados de Netflix ou Amazon Prime.

Mas o The Wall Street Journal também aponta o desejo do Google de se concentrar apenas em novos produtos, quando seus oponentes oferecem tanto séries exclusivas quanto um catálogo de séries ou filmes antigos.

Possíveis contrapontos

Com o Youtube tendo uma versão paga precisamos saber até que ponto isso poderá afetar a vida das pessoas que acessam a plataforma justamente pela mesma ser gratuita.

Muitas coisas ainda precisam ser ajeitadas para que a plataforma não venha a sofrer represália por parte de assinantes e outras pessoas que fazem uso da mesma.

Em seu programa para conquistar o mundo da transmissão, o YouTube não deixa tão barato quanto se pensa. Nas diferentes negociações, os chefes do YouTube aparentemente usam os links entre os estúdios e o Google Play, o serviço de vídeo sob demanda do Google.

Especialmente As duas afiliadas do Google compartilham o mesmo escritório em Beverly Hills, o famoso bairro de Los Angeles, a poucos passos de Hollywood.

Diante de tantas possibilidades de canais de entretenimento que dispomos atualmente, fica difícil saber o quão influente será ter mais um canal desses.

Para muitos, poderá agregar novas opções ao cotidiano. No mais, é esperar para vermos o que essa nova proposta de uma das redes mais acessadas do mundo poderá trazer de diferente para que nós tenhamos mais acesso e mais conteúdo diversificado.

Fontes

https://www.tecmundo.com.br/
https://meiobit.com/332402/youtube-negociando-estudios-filmes-series-red-concorrencia-netflix-outros/